estranho.

o céu estava nublado,de um cinza tão claro,
que as vezes parecia branco
eu não via o azul do céu a muito tempo.
as nuvens não deixavam,tapavam,
como um véu revestindo o teto..
sempre foi esse o tempo perfeito pra mim.
o vento cantava sua triste melodia,
e carregava as nuvens pouco a pouco..
por um breve instante vi o sol.
ainda fazia muito frio,mais eu podia vê-lo,não podia senti-lo,
não sentia seu calor,mais eu o via,meus olhos estavam nele.
quase me cegando,e me deixando tonta quando desviava.
as coisas na minha vida sempre foram assim estranhas..
eu não gostava do sol,e do calor,
mas aquele momento eu senti falta dele e queria aproveita-lo.
eu sabia que não podia me aquecer.
eu sabia que por mais que ficasse,
não secaria toda essa humidade,nem levaria o frio daqui,



até a noite voltar.