joga a rosa no chão

inconsciente da força que havia a apertado entre os dedos.
esquecendo-se dos espinhos,
que agora estavam cravados sobre a pele.

usa uma dor pra sobrepor a outra,em vão.
um adeus de uma parte só..
que agora ficou ainda mais só.
descanse em paz,amigo.

21 de Dezembro 2009.
meu cachorro e amigo fiel á 11 anos,Pingo.

de pingo em pingo,um oceano de saudade..